Qual bicicleta comprar por até R$1000?

Posted by

Para quem quer começar a pedalar, mas não se sente confiante em gastar muito, existem algumas opções por até R$1000 que podem ser boas alternativas. No entanto, essa faixa de preço também está cheia de armadilhas. Muitas marcas se aproveitam da inexperiência dos compradores de primeira viagem para empurrar bicicletas descartáveis que vão dar uma bela dor de cabeça e até mesmo causar sérios acidentes devido à falta de qualidade das peças. Eles exploram algumas palavras chave que atraem compradores, mas são uma armadilha nessa faixa de preço, como “full suspension”, “freio à disco” ou “quadro de alumínio”, que não são indicadores de uma bicicleta de qualidade.

Como separar o joio do trigo? Nós da Bike123 lidamos diariamente com diversos tipos de manutenção de bikes e identificamos alguns pontos que fazem uma bicicleta ser muito mais durável e precisa do que as outras. Separamos 3 opções para você começar a pedalar sem gastar muito e ter uma boa experiência no pedal.

Terceiro Lugar: Gonew Endorphine 5.1 (R$629,90)

O Bom

É a mais barata das bikes razoáveis e vem em diversas cores. Tem trocadores e um câmbio traseiro Shimano, o que significa que as trocas de marcha vão acontecer, ao contrário das bicicletas equipadas com trocadores sem marca ou genéricos. Parece um detalhe besta, mas as rodas vêm com blocagem rápida, o que significa que você não precisa ficar andando com uma chave de boca para tirar as rodas, necessário ao transportar a bike dentro do carro, por exemplo. E o canote do selim também vêm com blocagem, o que significa que você não precisa lutar com uma famigerada porca toda vez que tiver que regular a altura do selim. É uma coisa básica para a facilidade de uso de uma bicicleta, mas que poucos fabricantes dessa faixa de preço parecem se importar.

O quadro é de alumínio e tem suportes para bagageiro. Não vem com peças engana cliente, como freio à disco e suspensão traseira de qualidade duvidosa ou quadros com desenho bizarro

O Ruim

O câmbio dianteiro e pedivelas são genéricos, então não espere trocas de marcha muito fáceis. Apesar de parecer uma MTB, com sua suspensão e pneus de cravo, essa bicicleta não é adequada para trilhas, ficando melhor como uma bicicleta urbana.

Ela só tem um tamanho, então ela só é adequada para pessoas na faixa dos 1,75m. Se você for muito baixo ou muito alto que isso, vai ter problemas em se acomodar na bike.

 

Gonew Endorphine 5.1: R$629,90

Link para o site Netshoes

 

Segundo Lugar: Btwin Rockrider 300 / Rockrider 200 (R$699,99)

 

Btwin é uma marca da Decathlon, uma rede de artigos esportivos francesa que vem crescendo no mundo todo. Nas lojas da rede, é possível encontrar artigos de corrida, kayaques e até de equitação. Apesar do nome sem inspiração, a Rockrider 300 segue a filosofia da marca, de oferecer produtos com preços muito competitivos, mas mantendo um padrão de qualidade mínimo. Não é a loja para procurar produtos de alta performace ou qualidade, mas em geral os produtos funcionam bem e é bem divertido passear pelos corredores da loja.

Até pouco tempo atrás essa bicicleta era vendida como Rockrider 200, mas ultimamente ela vem sendo vendida como Rockrider 300. Talvez seja um reposicionamento, pois no site vemos uma bike infantil deles com o nome MTB 200.

O Bom

 

A Rockrider 300 tem o mínimo para funcionar bem, com câmbio traseiro, câmbio dianteiro, catraca e (conduítes! bem incomum nessa faixa de preço) Shimano. Isso quer dizer que a bicicleta vai trocar de marcha muito melhor do que as similares com peças sem marca.

O quadro tem suporte para bagageiro traseiro, um detalhe que praticamente só existe em bicicletas importadas mais caras e importantíssimo para quem pensa em usar como meio de transporte, pois permite o uso de um bagageiro que vai te poupar de suar as costas durante os deslocamentos. Detalhe para a lambida de solda na junção dos tubos (!)

A presença de blocagem rápida nas rodas é uma atenção bem vinda do fabricante para quem precisa transportar a bicicleta dentro do carro ou para um eventual conserto de pneu furado.

O Ruim

Como em toda bicicleta de entrada, a economia é feita onde não se vê. Algumas peças como o movimento central terão que ser trocados em alguns meses. O selim não é dos mais confortáveis e os aros das rodas tendem a desalinhar com facilidade, pois são de folha simples.

O trocador esquerdo não é indexado, o que quer dizer que a regulagem é por sua conta e você precisa ajustar o passador até o ponto em que o câmbio não faça mais barulho. Isso é bem ruim para aqueles que não têm prática com a troca de marchas.

Esse também é uma bicicleta tamanho 19, feita para quem tem por volta de seus 1,75 a 1,80m, então se for muito baixo ou muito alto que isso, definitivamente essa não é uma bike para você.

 

Btwin Rockrider 300: R$699,99

Link para o site Decathlon

 

Vencedor: Btwin Rockrider 340 (R$999,99)

Sim, essa é a bike mais cara do comparativo. E sim, ela realmente faz um salto de qualidade em relação às alternativas de R$600 a R$800. Vou explicar o porquê:

1-Transmissão Shimano

Essa bike vêm com trocadores, pedivela, câmbios e catraca Shimano. E isso significa que, devidamente regulada, ela troca de marchas muito bem. Muitas bikes baratas vêm somente com o trocador Shimano ou somente com um dos câmbios Shimano, tudo para economizar alguns reais, pois as marcas consideram que o iniciante não vai pesar esse detalhe na hora da compra. Na Rockrider 340 temos a presença de um pedivela Shimano, que pela nossa experiência no Bike123, consegue realizar a troca de marchas na dianteira muito bem e não tem um problema crônico de coroas deformadas dos pedivelas sem marca.

2-Possui um amortecedor dianteiro

As ruas de SP não perdoam o ciclista iniciante e esse é um dos primeiros amortecedores minimamente funcionais. Ele não foi feito para fazer trilhas ou pedalar agressivamente, apesar de ser visualmente parecido com suspensões de bicicletas mais caras, mas já suaviza os trancos da buraqueira nas ruas.

3-Conjunto honesto

Apesar de ter alguns detalhes visuais bastante exóticos, o quadro tem furações para bagageiro, os freios são em alumínio (e freiam!) e todos os requisitos para uma bicicleta funcional estão lá. Pelos componentes, a Rockrider 340 se sai muito melhor do que uma Caloi na faixa dos R$1600.

 

O Ruim?

Bom, só existem tamanhos 19″ e 21″(não sabia que brasileiros têm altura mínima de 1,80m!?). Então não é uma bicicleta para a maioria das mulheres ou para pessoas com estatura baixa ou mediana.

 

Btwin Rockrider 340: R$999,99

Link para o site Decathlon

 

Conclusão

No meio de tantas bicicletas de baixa qualidade, encontrar uma que caiba no orçamento e que seja de boa qualidade pode ser uma tarefa difícil. Essas três opções são uma forma de começar a pedalar sem traumas e com uma bicicleta que não vai se desmachar com o uso. Se você tem outros orçamentos e usos,  fale com a gente! Sempre temos uma dica boa para quem está escolhendo uma bicicleta.

 

Gostou dessa avaliação? Siga a gente no Facebook e Instagram para acompanhar as nossas últimas novidades. E se precisar de uma revisão ou conserto na magrela, chame o Bike123!

 

E bons pedais!

Compatilhar:

23 comments

  1. Poderia ter colocado a Gonew Endorphine 5.3 ou 6.1…A 5.1 esta para 300, assim como a 5.3/6.1 esta para 340… Conjunto Shimano Completo também, tamanho 17, 19 e 21, freio a disco, boas avaliações no site…

    1. Fala Rafael, obrigado pelo comentário. Realmente a Endorphine 5.3 e 6.1 são boas opções também, mas elas acabam passando um pouco do limite dos R$1000 e ainda considero que a 5.3 é inferior à Rockrider 340, por não ter pedivela Shimano (faz diferença nas qualidade das trocas), catraca genérica (além de ficar com uma relação de marchas muito pesada para uma 29), freios genéricos à disco. Quanto à 6.1 o defeito é ser equivalente a Rockrider 540, ams custar R$100 mais caro, hehe. Grande abraço!

  2. Oi
    Sou mulher mais baixa( 1,60m)
    e estou interessada em comprar uma bike mas até uma 1300 reais para começar a pedalar. O q vc me sugeria?

    1. Olá, Laiane.

      Você precisa de uma bike que seja tamanho 15″ (polegadas) para que você consiga ficar bem na bicicleta e não tenha problemas como dores, desconforto ou dificuldade de controlar a bicicleta, sintomas de um quadro grande demais. A maioria das bicicletas são tamanho 18 ou até 19, feitas para homens de 1,75m, mas há sim algumas opções.

      Elas passam um pouco do seu orçamento, mas a diferença compensa muito mais, principalmente em questão de durabilidade das peças e qualidade na troca de marchas, freios e todos os componentes da bicicleta.

      Se você pensa em pedalar no asfalto, eu recomendaria essa Grrove Jazz. É uma bicicleta nacional, com transmissão Shimano e disponível no tamanho 15: https://www.freecycle.com.br/bicicleta-groove-jazz-aro-700-2016-695/p?cc=20

      Se você estava pensando em pegar estradas de terra, recomendaria a Groove Indie, também disponível no tamanho 15: https://www.biketown.com.br/bicicletas/mountain-bike-27-5/bicicleta-groove-indie-650b-mtb-feminina-aro-27-5-2016-shimano-21vel-branca-azul-roxa

      Se tiver mais alguma dúvida, me envie uma mensagem!

  3. Muito boa a análise, esclarecedora!
    Eu comprei uma 340 para andar na cidade e pensar em fazer trilhas, vc acha que nas trilhas (nada agressivo demais) eu preciso trocar muitos componentes? se sim, valeria a pena?

    Obrigado!!

    1. Oi, Alexandre. Obrigado pelo comentário!

      A 340 vai bem para uso urbano, mas assim como todas as bikes de até R$2000, não é feita para trilhas agressivas. Componentes como suspensão, relação de marchas e câmbios não foram feitos para uso pesado. Dito isso, ela pode ser usada em estradas de terra e você pode trocar os componentes quando sentir necessidade.

      O que posso te sugerir é usar a sua bike e ir trocando os componentes aos poucos. Se você realmente sentir a necessidade de uma bike feita para trilhas, você pode reservar a sua 340 para uso urbano, com pneus lisos.

      Bons pedais!

  4. Bom dia… Vc foi muito esclarecedor… Comprei uma 340… Gostaria de trocar inicialmente o movimento central da mesma… E fiquei em dúvida em quanto o tamanho?? Poderia me ajudar?? E TB estou querendo trocar as rodas pelas extreme da vzam pra poder pegar umas trilhas leves aqui perto de casa… Acha que eu jah deveria colocar os freios a disco mecânico?? Ou os vbrake sao melhores?

    1. Olá, Maycon.

      Obrigado pelo comentário no nosso blog e pelo elogio!

      Sobre a sua pergunta do movimento central, consultei no site oficial da Shimano:

      http://productinfo.shimano.com/#/spec/2.8/MTB/Crankset?q=fc-ty301
      E o seu central recomendado é o modelo BB-UN100 de medida DN-L, que tem um comprimento de eixo de 122.5mm. Você pode usar o central modelo BB-UN26 também, desde que mantenha esse comprimento.

      Sobre a instalação de freios a disco mecânicos, com certeza eles irão trazer mais poder de frenagem, desde que eles sejam de boas marcas como Shimano ou Avid, mas é necessário pensar também nos custos. Os seus cubos atuais não são para disco e você teria que trocar eles por cubos de rosca e para freios a disco, além de montar novas rodas com novos aros e raios.

      Somando todas as peças e mão de obra, já daria 50% do valor da bike. Se você não tem problemas com desalinhamento de rodas, eu recomendaria colocar um par de v-brakes Shimano e mais tarde colocar um par de sapatas da Kool Stop. Eles vão te dar uma boa frenagem e você não precisa gastar muito.

      Para colocar freios a disco, talvez valha a pena comprar uma nova, que já tenha tudo que você precisa: http://www.netshoes.com.br/produto/bicicleta-aro-29-mountain-bike-gonew-endorphine-63–24-marchas–shimano–aluminio-C62-1132-002?&lkey=a3

      Atenciosamente,

      Eduardo Matsuoka

  5. Olá, Eduardo! Boa noite!

    Adorei o blog. Achei super fácil de entender, pra quem, como eu, não é uma especialista.

    Não sei se você responde a perguntas desse tipo, mas como vi você respondendo a todo mundo e com muito cuidado, vou perguntar assim mesmo. Rs!

    Tenho uma rockrider e gosto muito. Queria dar uma de presente pro meu namorado. Achei uma 5.1 anunciada no mercado livre por R$ 700,00. Parece estar em bom estado. Caso esteja em bom estado, você acha que vale a pena?

    Um abraço e muito obrigada!

    1. Oi, Cimara.

      Fico muito feliz em saber que o blog te ajudou! E desculpe a demora para te responder.

      A Rockrider 5.1 é muito similar à Rockrider 520, que é vendida atualmente e foi a nossa indicada como melhor bike até R$1000. O modelo 520 é mais uma atualização da 5.1, o quadro é o mesmo, a transmissão continua quase a mesma e as características principais não mudaram. Só mudou o modelo de algumas peças, como o do pedivela, mas nada que vá fazer a diferença durante o pedal.

      A diferença de preço dessa usada está legal, mas como é usada, cheque se ela não tem sinais de uso intenso, afinal não adianta economizar e ter que gastar mais depois. Se você ainda não tiver comprado, me envie o link do anúncio que posso tentar ver se ela parece ok ou não.

  6. Oi, Eduardo!! Boa tarde!

    Muito obrigada pela resposta! Ainda não comprei, correria aqui de fim de ano.

    Estou em dúvida entre essas 4, se puder me ajudar, agradeço muuuuito! 🙂

    http://sp.olx.com.br/sao-paulo-e-regiao/ciclismo/bicicleta-rockrider-big-rr-5-1-411448981

    http://sp.olx.com.br/sao-paulo-e-regiao/ciclismo/bike-btwin-rockrider-5-3-aro-26-top-411072516

    http://sp.olx.com.br/sao-paulo-e-regiao/ciclismo/bicicleta-rockrider-6-0-419631480

    http://sp.olx.com.br/sao-paulo-e-regiao/ciclismo/rockrider-406905865

    Na real, não entendo a diferença entre os modelos… rs!

    Já perguntei aos vendedores, todas são tamanho G (meu namorado mede 1,84).

    Abração e obrigada!!

    E desculpa se estiver sendo folgada! 🙂

    1. Oi, Cimara. Desculpe a enorme demora, mas antes tarde do que nunca.

      A bike do segundo link tem o melhor conjunto de peças, mas tem um quadro tamanho grande. A bike do primeiro link tem um quadro médio e tem peças melhores que a Rockrider 340 vendida nas lojas.

      Se tiver já pego a bike e tiver mais dúvidas, fique à vontade para perguntar.

  7. Olá, Eduardo.

    Parabéns pela matéria, com certeza é de grande valia.
    Preciso de uma ajuda, estou procurando uma bike hibrída, até a faixa de R$ 1000, vai percorrer basicamente asfalto, nem sempre perfeito, com alguns buracos. A Btwin Rockrider 340 se encaixaria nesse uso? Qual a faixa de km se encaixa no uso dela?

    Sei que é muitas perguntas, mas estou começando no mundo das bikes, como forma de praticar uma atividade fisíca e não ficar parado.

    Desde já, obrigado.

    1. Oi, Marlon.

      Muito obrigado pelo seu comentário. Sobre a sua perguntas, a Rockrider 340 não é uma híbrida, pois é voltada para andar na terra, com seus pneus de cravo, rodas aro 26 e suspensão.

      Um híbrida seria a Sense Move, que vem equipada com alguns componentes que a tornam mais rápida para andar no asfalto, ao mesmo tempo que mantém o conforto. O que diferencia ela da Rockrider? Pneus lisos, rodas aro 700 e garfo rígido. Para compensar a ausência de suspensão, os pneus são lisos, mas bem volumosos, para que você não sofra muito com o piso irregular.

      A rockrider 340 pode ser adaptada para asfalto, trocando os pneus de cravo por lisos (slick) mais finos, melhorando assim o rendimento da bike no asfalto. Será uma troca que custará em torno de R$150, contando com pneus e câmaras de ar.

      Se tiver mais dúvidas, fique à vontade para perguntar.

  8. Olá, Eduardo.

    Parabéns pela matéria. Muito útil e esclarecedora.
    Gostaria de um esclarecimento, por favor. Gostaria de comprar uma bike para, inicialmente, usar como meio de transporte ao trabalho e para algumas pedalas de final de semana um pouco mais longas para melhorar o condicionamento físico e perda de peso. Qual dessa opções me indicaria ?

    Agradeço, desde já.

    1. Olá, Décio. Desculpe a demora na resposta.

      Eu sempre recomendo que você gaste o maior valor possível. Parece conversa de vendedor, mas uma bicicleta que custa 30% menos, vai ter 30% a menos de qualidade, 30% a menos de conforto, 30% a menos de funções.

      Dito isso, a Decathlon Rockrider 520 tem um excelente custo benefício, sendo superiores às Calois e outras marcas que são até mais caras. Ela é uma bike para pessoas mais altas, pois ela possui apenas os tamanhos M e G, por isso fique atento se você for mais baixo que 1,70m.

      Conforme for usando ela, eu trocaria os penus de cravo dela por pneus lisos para você conseguir ir mais rápido com ela.

  9. Boa noite amigo estou querendo voltar às atividades com bicicleta, seria mais para uso urbano como ir ao trabalho que é meio longe e andar pra rua e gostaria da sua opinião sobre essa bicicleta http://www.netshoes.com.br/produto/bicicleta-gonew-endorphine-61-shimano-aluminio-aro-26–21-marchas-C62-0431-459?campaign=gglepqpla&gclid=CjwKCAiAqbvTBRAPEiwANEkyCI0Otn2gTNQG4MFva0OW60xtFLm-ODM2MAfuVxS6KD9D-XT7uivOtxoCxZ8QAvD_BwE
    Ou se vc me indicaria uma com essa faixa de preço, abraço

    1. Oi, Victor.

      Muito obrigado pela sua pergunta! Sobre essa bike no link, ela tem um custo benefício muito bom. Se você analisar os componentes, os concorrentes da mesma faixa de preço sempre têm uma configuração inferior (menos componentes Shimano ou componentes inferiores).

      Só fique atento que ela só está disponíveis nos tamanhos 19 e 21 polegadas, que são considerados grandes. São tamanhos para quem tem pelos menos 1,77m até 1,90m, segundo o próprio site da Netshoes.

      Se você for mais baixo, terá problemas de conforto e dirigibilidade na bike, por isso fique atento a isso.

    1. Olá, Talisson. Entre a Caloi 100 e a Colli, a Btwin se sai melhor por ter mais itens dos componentes de transmissão da marca Shimano. Os componentes Shimano têm um preço amis alto do que os genéricos e os sem marca, mas são garantia de bom funcionamento da transmissão.

  10. Olá Eduardo!

    Muito boa a matéria, parabéns!

    Gostaria de uma ajuda sua… fiquei muito interessado na Btwin Rockrider, pelo o que vc falou… mas tenho 1.65a.

    Nesse caso, qual mais próxima desse modelo que você me indicaria?

    Um grande abraço…

    1. Oi, Jefferson.

      Quadros pequenos são difíceis de serem encontrados nessa faixa de preço. Alguns vendedores de lojas vão te indicar diminuir a altura do selim e diminuir o comprimento do suporte do guidão para trazer o guidão mais próximo a você, mas um quadro grande demais sempre vai te trazer dificuldades na hora de montar/desmontar da bike, ficar em pé com o quadro entre as pernas e dificuldades para manobrar a bike, fazer curvas fechadas ou em baixas velocidades. Essas dificuldades aparecem principalmente na hora de fazer uma trilha, onde você vai sentí-las bem.

      Uma indicação para você é a Groove Zouk. Ela é uma bike tamanho 15 polegadas, e apesar de estar acima da faixa de preços das Btwin, vai te acomodar bem e ela é uma bike muito bem montada, que não vai te dar problemas por um bom tempo: https://www.adorobike.com.br/groove-zouk

Leave a Reply

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *