Vender uma bike em lojas

Vender uma bike usada? Dicas para você vender rápido e fácil

Posted by

Chega uma hora que precisamos nos desfazer das coisas para podermos seguir adiante. Aquela sua bike que te levou para muitas aventuras já não te serve mais. Ou você evoluiu o seu pedal e agora ela precisa dar lugar a uma bike melhor. E agora, como vender uma bike usada?

É natural vender uma bike várias vezes durante a nossa vida ciclística. No começo, é normal pegar uma bike simples demais e termos problemas. Veja o nosso artigo sobre opções de até R$1000 para não ter uma experiência traumática pegando uma bicicleta de péssima qualidade. Conforme vamos pedalando mais e mais, queremos uma bicicleta mais rápida ou mais confiável e por que não, uma mais bonita? E quanto mais bicicletas diferentes testamos, melhor fica a nossa percepção.

E agora vem as perguntas. Onde vender? Como vender? Mas é seguro? Vamos agora às nossas dicas para vender uma bike o mais rápido possível e ainda recuperar um dinheiro no processo:

Faça uma revisão

Rocky mountain na lama
Não vale anunciar usando fotos que você tirou na última trilha

Uma bike suja de terra, graxa ou poeira dá a entender que o dono não cuida bem dela. Fora que não é atraente para quem compra: você compraria uma roupa que está empoeirada ou manchada? Um carro cheio de lama na concessionária? E se as marchas estão pulando ou o freio está fazendo barulho, mesmo que sejam problemas simples, não passa uma boa impressão para o comprador. Faça uma revisão na bike e valorize o que está vendendo.

 

Troque peças velhas ou rasgadas

selim quebrado
Selim com alguns “detalhes”

As manoplas estão velhas e pegajosas? O selim está rasgado? Se não for gastar muito, melhor trocar. Ninguém gosta de comprar algo que já parece estar estragado. Se não vale a pena trocar por ser algo muito caro ou se ainda estiver usável, deixe claro na descrição e nas fotos que você for tirar.

Tire boas fotos no sol

Bicicleta no quarto escuro
Foto tirada no porão escuro da casa

Fotos boas precisam de luz, muita luz. E a forma mais fácil de conseguir luz é tirar fotos em um dia ensolarado. Tire fotos fora de casa, não no quartinho da bagunça, na calada da noite ou na garagem escura do prédio. E parece bobagem, mas o cenário é tão importante quanto a bike em si, pois revela muito sobre o vendedor. Use um cenário bonito, se for possíve, vá ate o parque tirar fotos.

Foto driveside bike
Foto lateral, mostrando o pedivela e câmbios

A tradicional foto da bike é a foto lateral, do lado do pedivela. Em uma foto só, dá para ver a marca do quadro, pedivela, câmbios e até freios. Todo anúncio precisa de uma foto dessas.

E use fotos atuais e reais, pegar imagens da Internet para usar no anúncio não passa confiança para os compradores.

Descreva todas as peças da bike

descrição tosca bike

Quanto maior o valor da bike, mais os compradores vão te perguntar sobre as peças que vêm nela, afinal se a bike é para entusiastas, eles precisam saber cada componente que vem na bike antes de demonstrar interesse. Se não tem muita certeza sobre quais peças equipam a sua bike, faça uma pesquisa pelo modelo da bike no Google, procurando pelo modelo e ano. Se a bike é importada, uma boa fonte de pesquisa é o Bikepedia, que tem um catálogo gigantesco de marcas, divididos por modelo e ano. Ou então tire fotos de todas as partes da bike: câmbios, freios, pedivela, suspensão, guidão, uma foto lateral e qualquer outro detalhe que você ache importante.

Seja honesto

quadro bike batido
Seja claro nos problemas que a bicicleta possa ter

Não adianta disfarçar pequenas batidas ou esconder problemas que a bike possa ter. Além de não ser honesto, o comprador vai acabar descobrindo. Como mentira tem perna curta, e muitos sites de venda disponibilizam sistemas de avaliação de vendedores, é importante que você deixe claro todos os problemas que a bike possa ter. Não é nada legal ter que lidar com um comprador bem chateado depois da venda. Você não precisa de mais esse problema na sua vida.

Não deixe de anunciar o tamanho da bike

Você compraria um tênis três números maior que o seu tamanho? Você compraria uma calça tamanho P se você só usa GG? Tão importante quanto o visual ou preço, é o tamanho da bike. Mountain Bikes costumam usar medidas em polegadas, bicicletas de estrada costumam usam um número em centímetros. Algumas marcas usam tamanhos padronizados, como S (small ou pequeno), M (medium ou médio) e L (large ou grande). Deixe claro no anúncio e não esqueça desse detalhe super importante.

Deixe claro as suas condições

Você aceita trocas? Aceita parcelar? Pagamento em dinheiro? Está em qual cidade? Envia para outros Estados? Pode vir retirar na sua casa ou prefere entregar em algum lugar público? Já coloque quais são as suas condições para evitar perder tempo respondendo às mesmas perguntas. Isso também ajuda a filtrar quem não é um comprador potencial seu.

Defina um preço mínimo

Hoje em dia todo mundo sabe pesquisar preços, então não faz muito sentido anunciar algo que está mais caro que as ofertas similares. Alguns cliques e todo mundo vai saber se você está pedindo muito ou pouco. Um negócio tem que ser vantajoso para o vendedor e comprador, então anuncie pelo preço mínimo. Assim você pode argumentar para um comprador que pde desconto que o preço já está muito bom e evita ter que ficar pechinchando. E vender rápido é melhor, especialmente se você for anunciar sem classificados grátis, pois seu anúncio vai caindo para o fundo ao londo do tempo. O ideal é vender o mais rápido possível quando se anuncia em canais gratuitos.

Tente anunciar nos classificados gratuitos

O jeito mais fácil de anunciar é em um dos muitos grupos de classificados do Facebook. Leia as regras do grupo, pois alguns tipos de produtos não condizem com a proposta do grupo. Não adianta querer vender uma bike infantil em um grupo de triatlo. Anuncie no seu perfil pessoal também, se tiver amigos ciclistas. Existem grupos de classificados como o BIKE-COMPRAR/VENDERCICLISMO ou o BIKE COMPRAR VENDER com milhares de usuários.

Existem ainda sites como OLX, Mercado Livre, que têm opções gratuitas. O ruim dessas alternativas é que os anúncios grátis ficam em segundo plano em relação aos anúncios pagos. A não ser que você esteja com uma oferta muito boa, o seu anúncio pode passar despercebido.

Existe também o Fórum Pedal.com.br, que além do portal de notícias, conta com um fórum com milhares de participantes e um classificados. Ele é gratuito, mas para anunciar é necessário ter pelo menos 30 dias de cadastro e 100 mensagens. Leia sempre a parte de regras deles para evitar que seu anúncio seja barrado.

Venda sua bike nos pagos

Vender uma bike em classificados pagos tem suas vantagens. No Mercado Livre ou OLX você pode vender uma bike de forma gratuita, mas seu anúncio estará no “fundão”, vulgo “lugar que ninguém olha”. Pagando alguns reais, é possível colocar o seu anúncio em uma posição mais visível, atraindo a atenção de mais compradores em potencial. Além disso, eles têm um sistema de avaliações e mediação que garante uma venda tranquila para o lado do vendedor e comprador.

Existe também a possibilidade de anunciar em sites especializados em ciclismo, que concentram um público que entende melhor do assunto e está atrás de bikes de qualidade. Um exemplo é o Bike Magazine, que além de bikes, conta com anúncios de acessórios e peças.

Conclusão

Uma bicicleta que fica parada por muito tempo também começa a ter problemas. Além da poeira e teias de aranha, os pneus acabam ressecando, a corrente fica seca e dependendo das condições de armazenamento, a ferrugem também começa a aparecer. Bicicleta parada é dinheiro parado. Coloque ela para rodar e faça mais pessoas pedalarem!

Compatilhar:

Leave a Reply

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *